[Resenha] Primavera, por Oskar Luts

Primavera
Livro: Primavera
Autor: Oskar Luts
Editora: Biruta
Páginas: 423 páginas
Classificação: 4 estrelas
Resenhado por: Lucas Bispo



Numa escola paroquial da Estônia, estuda Arno Tali, um garoto ingênuo que nutre um carinho especial pela esperta Teele Raja. Na escola, eles e seus amigos são perseguidos por um sacristão rabugento, contra quem aprontam inúmeras travessuras. Primavera é centrado na rotina escolar dessas crianças, com os muitos conflitos e descobertas que se dão enquanto todos aguardam a chegada da estação mais esperada do ano. Além desta divertida história, este livro traz vários aspectos da cultura estoniana e das influências herdadas da cultura russa, como lendas populares, músicas, a língua e o modo de vida no campo no início do século XX.

Oskar Luts é um autor que sempre despertou minha atenção, seja por ser renomado, ou por curiosidade de desfrutar suas obras. Meu contato com Primavera foi interessante. Li a sinopse que me deixou curioso, e quando o livro chega em casa, é que me deiu conta de que Oskar foi quem escreveu. Lançado pela Editora Biruta, Oskar tem uma escrita distinta do que estou acostumado ou já pude conferir.

Estamos na zona Rural da Estônia, onde na escola paroquial estudam crianças e dentre elas, nosso protagonista Arno Tali e Teele Raja, garota por quem tem um carinho especial. Arno é ingênuo e muito inteligente, porém é uma criança como qualquer outra e é cheio de questões e dúvidas, como: o que é isso? Porque é assim? A premissa de nossa história é mostrar o cotidiano das crianças na escola paroquial, as relações entre si e os devaneios que permeiam em suas mentes, junto a muita traquinagem e cenas engraçadas.

O mais interessante é a linguagem que Oskar Luts usa em sua obra. Ao mesmo tempo que é fácil, traz aspectos culturas, envolvendo o leitor em uma narrativa um pouco mais parada, porém em nenhum momento cansativa ou monótoma. Além de ler e se divertir, você acaba aderindo informações e conhecimentos culturais da região e época. As crianças do livro são críveis, palpáveis, reais ao ponto de você lembrar das bagunças de filhos, primos, sobrinhos. O romance que o autor encaixa na trama, é aprazível e medido com cautela, pois além de ser um livro de crianças, é para crianças.

Adorei o primeiro contato com Oskar, aprendi muitas coisas sobre influências herdadas da cultura. Luts nos deixa tão a vontade, que quando menos percebemos, já se foi metade do livro, e as traquinagens das crianças é o que nos leva a ter uma leitura cômica, envolvente e alegre. Recomendo para crianças e adultos, já que informação é sempre bem-vinda. Isso para todas as idades.

12 comentários:

  1. Sua resenha ficou muito boa, mas sinceramente? Acho que esse não é um livro que eu leria. A sinopse sequer chamou a minha atenção.

    Beijos,
    http://julianamoreire.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bem fofinho e poetico na sua forma escrita, um livro de crianças que um adulto recomenda tem pelo menos uma escrita muito boa, acredito eu.
    Mas o lviro em si não chega a chamar minha atenção, não sei se leria,
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado, quando li a descrição do livro achei que fosse um livro religioso .. E pelo que li na resenha não é esse o centro da história !
    Ser perseguido por um Sacristão Rabugento? Dever ser a maior comédia ..
    Falando um pouco sobre o Arno, acho que apesar de ele ser ingênuo (como você disse), uma criança que questiona tudo, tende a ser mais esperta (é sempre bom questionar sobre tudo)!
    Não seria um livro que me interessaria de cara, mas confesso que fiquei curiosa em como o autor conduz o "carinho" entre Arno e Telle (já estou aqui deduzindo que ela também sente esse certo carinho por ele,rsrsrs), sou apaixonada por essas paixões infantis! Fala sério, são as melhores não ? *-*
    Ficou boa a resenha, mas ainda acho que seria dificil eu ler um livro assim, um dia quem sabe :)
    Beijos, beijos :*

    ResponderExcluir
  4. OOOOOOOOOOOOI, LUUUUUCAS *-* Tudo bom, amor? <3 Booom, diferentemente de você, a sinopse não me interessou muito, hahahaha! Sim, confesso, a editora Biruta é óoootima com os livros, hahaha! Huuuum, vamos ver se sua resenha me conquista, hahahaha! :3 E aaah, que legal essa dde contar o cotidiano das crianças numa escola paroquial, hahahahaha! Sério que ao lermos esse livro podemoa adquirir conhecimento sobre a região e as culturas? Que legaaal, além de ser um livro bacana, nos ensina! Hahahahahha! E eu imagino o quanto as traquinagens das crianças devem ser cativantes e engraçadas, hahahahahhahaha! Adooooorei sua resenhaaaaaa, Luuuuucas *--* <3

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOS <3

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualizando aqui, hahahaha! Ignore ♥

      Excluir
    2. Atualizando novamente T.T Já expliquei o porquê vivo atualizando aqui, né? Suhsushsushsushss! :3

      Excluir
  5. O livro parece ser bem interessante, com vários significados e mensagens para passar ao leitor.
    Achei a capa muito bonita mesmo sendo simples.
    Nunca tinha ouvido falar nesse autor mas parece que ele é bom !
    Gosto muito de livros pra "crianças" que podem ser lidos por adulto e que sempre que você ler você vai ter uma mensagem diferente para guardar !

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ser bom, sua resenha foi muito boa, mas não me interessei muito em ler. A única coisa que me chamou atenção mesmo foi o fato que dá pra conhecer um pouco da cultura da Estônia. beijos

    ResponderExcluir
  7. Seria um maximo ler " primavera" e poder conhecer a cultura estoniana. E tambem essas duas crianças engraçadas. :-)

    ResponderExcluir
  8. Primavera parece ser um livro bem diferente do que costumo ler, e sua resenha instigou minha curiosidade. Espero ter a oportunidade de ler.

    Abraços!!
    http://macaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Lucas... Mas q resenha ótima, ela sim me fez querer ler esse livro, mas a sinopse não me chamou muito a atenção não, mas eu gosto de livros que expressam cultura e falam de época.

    Abçs :)

    ResponderExcluir