Resenha - A Tempestade


A Tempestade – Shakespeare

Resenha do Desafio Literário do mês de Janeiro.
Considerada a última obra (peça) do escritor Willian Shakespeare. Suas encenações começaram em 1611 no Palácio Whitehall em Londres. 

Próspero é deixado à deriva em um barco junto com sua filha Miranda. Aportam em uma ilha onde passam a viver. Um dia, há uma tempestade. Ferdinando está entre os náufragos que vão dar na ilha. Miranda se apaixona.

            Próspero é traído pelo seu irmão Antônio, pois Próspero era duque de Milão, e se aprofundava muito em seus livros, deixando que seu irmão Antônio cuidasse dos negócios. Mas Antônio queria mais poder, assim só obtivera se Próspero morresse. Então Antônio arma um plano, levando Próspero e sua filha Miranda para um barco e deixando-os sem comida e água. Mas o barqueiro muito bom deu-lhes comida e água, levando-os a uma ilha e junto trouxe-lhes seus livros de magia.
            Próspero aprofundado em magia viveu com sua filha Miranda e Ariel, seu prisioneiro e fiel amigo. Assim em um dia de tempestade o barco de Ferdinando filho de seu ex-inimigo, afunda. Mas todos que estão no barco pensam que Ferdinando morreu e Ferdinando separado dos outros pensa que é o único sobrevivente.
            Ferdinando se apaixona por Miranda. E ela por ele. Eles vivem um romance único. E Próspero vê que acima da vingança e maldade, o amor prevalece, e vê que seus atos estão sendo maus. Assim com amor, perdoa a todos que o traíram e os soltam da ilha, deixando-os irem embora. Assim deixando de ser um mago, para ser de novo um homem normal.

            Bom, não achei o livro muito bom. Uma escrita fácil de entender, pequeno, mas a história não me motivou. Li rapidinho. Em um dia. Mas não consegui me envolver com os personagens, com a história. Achei uma história sem graça. Uma história sem muitas aventuras. Classificaria como 2 estrelas. Shakespeare me decepcionou com essa história. 


5 comentários:

  1. Eu ja li alguns livros dele, e sempre essa versao de bolsa, que parece menos e mais rapida. As historias sao sempre nesse estilo, sem muitas aventuras, mas vc, ou pelo menos eu, acabo gostando no final.
    Esse tempestade que vc indicou eu nunca li nao ^^

    bju
    letracomasa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é demais, já o li, e como escritor, achei a narrativa perfeita. Um clássico da nossa Literatura... eu daria 5 estrelas facilmente!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Tenho certeza que minha prof vai pedir rsrsrsr Parabens pela resenha!
    Bjs ^^

    ResponderExcluir
  5. Tenho muita curiosidade em ler algum livro do autor, romantismo é a sua marca!

    ResponderExcluir