[Resenha] O Vale dos Mortos, por Rodrigo de Oliveira


Livro: O Vale dos Mortos (Volume 1)
Autor: Rodrigo de Oliveira
Editora: Faro Editorial
Páginas: 298 páginas
Qualificação: 5 estrelas


Estamos em 2017 ... Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o astro passaria a uma distância segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer... Uma profecia esquecida do Apocalipse, reiterada por outros profetas modernos, ressurge... Então um grupo luta por sobreviver num mundo dominado pelo mal. Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa orbita, fatalmente desencadearia a transformação de grande parte da humanidade, não havendo lugar seguro, ambientes sem infecção, pois ela ocorreria simplesmente pela aproximação do astro. Pegos de surpresa, e tentando entender o que acontecia enquanto buscavam se salvar, um casal e seus filhos iniciam uma jornada para reestabelecer alguma condição de vida no que restou de seu próprio mundo. Uma história com muita ação, suspense, que vai deixar você eletrizado.

O Vale dos Mortos é um grande livro! Grande em todos os aspectos: enredo, história, narrativa, capa, diagramação... Um livro realmente aprazível. Lançado pela Faro Editorial, é um recente lançamento da nova editora que veio para ficar no mercado editorial. Antes de tudo, quero dizer que a diagramação está caprichada! Os detalhes que a editora colocou, deixou o livro acurado.

Com uma narrativa inteligível em terceira pessoa, encontramos-nos em 2017. Os cientistas descobrem que um planeta - até então desconhecido - passará perto da órbita da terra. O que para muitos seria o começo do fim, os cientistas reafirmaram que a distância entre a terra e o planeta vermelho, em nada os afetaria. O que muitos pensavam ser apenas um susto, outros não imaginavam a catástrofe que aconteceria. De repente, inúmeras pessoas começaram a desmaiar. Sem compreensão, os que ainda ficaram conscientes, logo se acharam desesperados. O maior problema é que quando enfim os adormecidos acordaram, vieram de um jeito totalmente emendado, transformados.

A história começa contando-nos todo o ocorrido, focando em várias partes do mundo, brevemente relatando o que será dos países após a repentina catástrofe, e depois foca na vida de Ivan. Casado e pai de dois filhos, sua única saída era fugir sem rumo, salvando a si e a sua família. Refugiados e abrigados em vários locais, acabam fazendo amizade com outros sobreviventes, dando margem para uma trama fantástica, cheia de aventuras, angustias e agonias.

Realmente o livro é fantástico. A forma persuasiva que o autor tem, prende o leitor do começo ao fim, expondo todo e qualquer tipo de sentimento. Ora estamos com raiva, ora com medo. E segue-se assim até o fim. A cada cena, cada aventura, cada enrascada dos personagens, é agonizante. É tão sutil e mágica a forma com o autor te convence a realmente acreditar em tudo o que está acontecendo. O mais interessante é que o autor é direto, sem rodeios ou enrolações. Suas cenas são cruas, críveis, reais. Tanto cenas fortes como as lutas, tanto cenas de diálogos.

O entrelaço que um personagem tem com o outro, deixou o livro ainda mais completo e único. Por mais que Ivan em certas partes seja chato e mandão, existe um "porque" dele ser assim. Isso destaca a personagem e deixa-a excepcional. Não só o Ivan, mas todos os personagens que encontraremos também. O mais surpreendente é que o final foge totalmente do previsto. O conflito não foca somente nos zumbis, dando vida ao texto e carregando margem para os próximos livros.

Um livro para amantes de aventuras. Um livro para quem gosta de zumbis e quer algo fora do clichê. Eu me caguei de medo em várias partes, fiquei desesperado em outros. E quando achamos que tudo ficará bem, vem o autor e esmaga todas as esperanças criando uma nova saída.

9 comentários:

  1. Parece ser um livro cheio de emoções e aventuras, me interessou bastante. Adoro estórias com zumbis e fiquei curiosa para conhecer melhor esta, sempre vejo muita gente elogiando e parece ser um ótimo livro, principalmente para quem curte estórias com muito terror e reviravoltas.
    beijos!

    ResponderExcluir
  2. Terminei ontem de ler!! GENTE QUE LIVRO É ESSE??????
    Me apaixonei!!
    Já fiz minha resenha, por isso vim ver a sua. Tivemos opiniões muito parecidas. Principalmente no quesito final. Que final foi aquele??? Perfeito!!!
    Tô embasbacada ainda.
    Eu não me caguei que nem você, rsrsrs. Mas fiquei com muita raiva de uns e outros.

    Enfim, adorei!!!

    Bjkas


    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não sou muito de livros de semi-terror, mortos-vivos, zumbis e essas coisas, mas parece um livro bacana. Fiquei admirada quando disse que "O mais surpreendente é que o final foge totalmente do previsto", histórias que são cheias de vertentes geralmente são ótimas. Adorei sua resenha e percepção do livro. Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Lucas!!!

    Parabéns pela resenha!
    Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas com certeza entrou para a wishlist!
    Gosto muito quando o livro não tem um final já esperado, pra mim é uma das coisas mais importantes, já que o final é minha última impressão do autor...

    Adorei!

    Beijos xD
    @carol_ordonha

    ResponderExcluir
  5. Oii amooooor da minha vidaaaa,
    Adorei a resenha!
    Zumbis e aventuras não fazem muito o meu gênero, mas parece ser uma leitura em que o autor "arregaça" as mangas e torna tudo novo.
    Uma sugestão ótima para quem curte!!!
    Sua resenha está formidável. Continue assim pequeno gafanhoto ^^

    Beijos,
    Marcela.
    ocantinholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lucas!

    Ótima resenha! Eu tenho muita vontade de ler livros sobre zumbis, mas ainda não encontrei um q me agradou. Até tentei ler The Walking Dead (o livro), mas não curti muito não, infelizmente =\
    auhhuahuauauahu gosto de livros que me fazem cagar de medo, e é bom quando é um livro brasuca \o

    ótima resenha! xD
    Abração!

    http://inspirados-oandarilhodotempo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lucas =)

    Nossa, nossa, nossa! Eu estou louca para ler *_* Primeiro que eu adoro histórias com zumbis (amo) e segundo por que só tenho visto resenhas positivas. A sua também me deixou ainda mais curiosa. Quero ler logoooo!


    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  8. Lucas adorei a resenha, não tinha visto nada sobre esse livro ainda, muito bom mesmo, fiquei bem curiosa, com certeza entrou para a minha lista de desejados, adoro zumbis, com certeza não gosto de clichês, para mim gosto de coisas do mal, nada de zumbi que não come gente ou etc. Pra mim zumbis e vampiros tem que ser do mal rs.

    Beijos
    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir