|| RESENHA || Escola: Os Piores Anos da Minha Vida por J. Patterson


Escola: Os Piores Anos da Minha Vida

É o primeiro dia de aula em sua nova escola, mas Rafa Khatchadorian já sabe que será o pior ano de sua vida. Como se não bastassem seus problemas em casa, agora ele terá que descobrir como sobreviver ao sexto ano. Por sorte, Rafa bolou o melhor plano de todos os tempos: ele se propôs a quebrar todas as regras do colégio, valendo pontos. Porém, professores, pais e valentões não curtiram essa ideia mirabolante. Será que o plano vai passar de mágico a trágico? 

4/5

SIM, são livros assim que eu amo de paixão para ler quando não se tem nada pra fazer. São leituras que distraem e interagem com você! São livros onde você ri a beça e deixa sua mãe super-irritada pela alta gargalhada! O livro é super bem desenvolvido, tem uma boa narrativa, uma história super instigante. Mas é aquela coisa, não vai mudar sua vida. Mas vai te fazer sorrir por um bom tempo; isso vai sim! #fato.


Patterson em uma forma bem Juvenil, narra a história de Rafa Khatchadorian (o sobrenome mais legal que já vi), um garoto de 13 anos que está no sexto ano. Mora com a mãe, sua irmã (chata-legal) e o Urso. Ops... Seu padrasto. Rafa leva sim uma vida normal, mas o ano só está começando. Rafa tem um amigo calado, e que quase não fala Leo Caladão (seu melhor amigo e único também), usando desenhos - ilustrações - como base da trama. Leo tem todo um mistério, e ao decorrer da trama vemos o tão misterioso ele é. Os garotos irão viver as maiores aventuras no sexto ano após criarem um tipo de jogo desafio. A Operação R.A.F.A onde no ano ele terá de quebrar todas as regras possíveis da escola. Então já imaginam o que haverá de tão legal no livro, não é?

Rafa tem um probleminha em confiar nas pessoas. E elas também - amigos, professores, familiares - em parte, não entendem o garoto. O jogo criado pelo menino (Operação R.A.F.A.) tem uma espécie de pontuação e vidas. As ilustrações da história é essencial para a trama. É um jeito bem legal de interpretar as fantasias e pensamento do garoto. A narrativa é em primeira pessoa, deixando o livro amplo para entendimento, sendo narrado pelo próprio Rafa.

O final do livro é lindo. Diferente e espontâneo. Te levando a um rumo instigante e sutil. Observamos várias criticas como coisas familiares, bullying e compreensão. Mas também nos proporciona amor, amizade e aprendizagem. Ao decorrer do ano muitas aventuras vão se desenvolvendo e encrencas vão se criando também. Rafa é um garoto brilhante. Você vê que por trás do jeito bagunceiro, vemos um menino inteligente e sensível. Recomendo o livro sim e já aviso que é composto de Humor de fora a fora. Um livro mais que divertido!


Este post está valendo para TOP COMENTARISTA MARÇO.

21 comentários:

  1. Eu já saí do colégio faz tempo, mas ainda sim adoro histórias que mostram esse período tão conturbado. Me interessei pelo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros nesse estilo são encantadores, e de uma forma nos ensina uma lição ao final. Bjs!

      Excluir
  2. Engraçado, é a segunda resenha desse livro que leio hoje! Enfim! Fiquei bem curiosa quando fiquei sabendo que James Petterson escreveria um infanto juvenil. Combinar sua ótima narrativa em um livro com um enredo leve deve ter sido uma ótima opção. Gostei muito da sua resenha, me deixou ainda mais curiosa.

    Beijos
    @PollyanaCampos
    entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo mesmo esse livro Polly, é encantador e divertido. Patterson sabe mesmo como conduzir uma boa história! Fora que o final é surpreendente!!! Beijão =)

      Excluir
  3. Já li resenhas muito positivas deste livro,tenho vontade de ler apesar de já ter saido da escola faz um tempinho,mas como o livro o do James temos que dar uma conferida.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabi! É sempre bom relembrar da escola e rir dos momentos conflituoso que já tivemos. Confira assim que puder, porque você vai se divertir muito!!!

      Excluir
  4. Geralmente não gosto de livros de escola (é sempre muito clichê), mas realmente fiquei interessada depois da sua resenha,ainda mais sendo um livro do James.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade não acho que são Clichês não, pois pra mim são divertidos e espontâneos que interagem e diverte o leitor! Confira sim quando puder. Beijos!!!

      Excluir
  5. O fundamental realmente são os piores anos da escola, esse livro é pra mim kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sofri e ri de algumas pessoas também! Mas tudo faz parte kkk'

      Excluir
    2. Com certeza, todo mundo sofre na escola né.

      Excluir
  6. Também sou super fã de livros juvenis!
    Como diz minha mãe, tem horas que a gente quer ler algo que não precisa nem pensar :P
    [/Aí ela pega meus chick-lit :D
    ASHUASHUAHSUHAUSHAS'
    Adorei folhear esse livro na livraria, mas não pude comprar pqe tava chovendo muuuuuito e eu estava totalmente desprotegida. Que raiva...
    Mas vou adquirir meu exemplar logo logo *-*
    A capa é muito fofa :D Espero que o livro também seja :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso dizer que além de fofo é muito divertido! Altas risadas garantidas!!!

      Excluir
    2. O comentário acima é meu .-.
      [/Vim aqui ver sua resposta e descobri que comentei pelo nome da minha irmã sem nem ver. AHSUAHSUAHUSHUAHS' ^^

      Excluir
  7. Não conhecia, gostei!
    Acho legal leituras assim mais leves e divertidas. E esse livro parece ser encantador mesmo, fiquei curiosa.
    A capa show!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é ÓTIMO Fê! E a capa é muito fofa msm hahaha'

      Excluir
  8. Eu não achei tão ruim meus anos de escola rsrsrrsr
    bom me parece ser bem agradável, uma leitura leve,divertida..
    uma ótima pedida para distrair..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima mesma Amanda! Meus anos de escola foram divertidos na verdade hahaha' Bjs

      Excluir
  9. Primeira resenha que leio desse livro e gostei bastante!
    Nunca vi um livro do James Petterson que fosse desse gênero e achei bem legal!

    ResponderExcluir
  10. Ta aew que eu não sabia que o Patterson escrevia juvenil rsrs gostei dle como romancista já como escritor de suspense policial deixou um pouco a desejar, para mim.
    Livros assim pra distrair de vez em quando é bom!=D

    ResponderExcluir