[Resenha] Primeiro Amor, por James Patterson

Título: Primeiro Amor
Autor: James Patterson e Emily Raymond
Editora: Novo Conceito
Páginas: 238
Classificação: 4 estrelas
Resenhado por: Brenda Mineo

Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.


Aiai, James Patterson e seu dom de sempre surpreender os leitores (principalmente quando tem CERTEZA que já sabe todo o roteiro). Desde “O Diário de Suzanna para Nicolas” eu tento entender e basicamente me preparar pra qualquer parte arrasadora de corações, mas infelizmente não consigo. E não conseguiria dessa vez.

Patterson conduz a história de maneira muito linda e super agradável, e de repente a história parece um filme que quase todo mundo já viu e uma história que me arrisco a dizer: todo mundo conhece bem. A princípio, fiquei meio assim porque poxa, esse assunto de novo? Mas a maestria da abordagem faz toda a diferença.
Bem, Axi é a garota perfeita: estudiosa, dedicada, boa filha e ótima amiga. A não ser por um momento de “rebeldia” que a faz se reinventar. A MC* ( Menina Careta, como é chamada por seu fiel escudeiro e acompanhante na jornada, Robinson) decide cair na estrada e visitar todos os lugares que sempre teve vontade, mas sempre faltou coragem pra seguir a diante.

Durante o percurso, descobrimos real motivação da fuga de Axi e todo o seu afeto e amor mais que grandioso por Robinson, e que geralmente, a vida não para pra aplaudir e apreciar um grande amor.

“O amor é mágico e infinito. Mas a sorte, no final das contas, não era.”

Robinson não se faz apenas de charme, otimismo e beleza, um jovem leal e descolado que no decorrer nos atinge significativamente e nos faz pensar que as aparências usualmente nos enganam. Por trás de toda risada, pode haver sempre uma lágrima prestes a rolar.

Os diálogos essencialmente jovens nos fazem sorrir e chorar ao mesmo tempo, e é essa a mágica perfeita de ler: se emocionar. É tudo muito lindo e num instante, tudo de ponta cabeça; eu amei o livro e apreciei muito a leitura. Pra quem gosta de Nicholas Sparks, pode já correr pra comprar!

“Primeiro Amor” é um livro cheio de belas citações, aprendizado e que inspira novas atitudes. Sempre com um lenço na mão, já fico esperando o próximo livro do querido James! 

9 comentários:

  1. Ai, que bacana!! Nunca tinha ouvido falar do livro, eu gostei, vou procurar por ele!! ^^
    Beijos

    http://gkastmaker.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Brenda, Tudo bem?
    Eu só li dois livros do James Pertersson e gostei dos dois!!
    Não sou muito de ler romances mas esse parece ser bem interessante, vou procurar saber mais sobre ele e quem sabe em uma promoção eu compro?

    Abraços.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lucas!
    A principio, lembra alguma história que a gente já leu. Mas isso só aumentou a minha vontade de ler esse livro; tenho ouvido muitos elogios sobre ele, e estou curioso para conferir. Afinal, um livro de rebeldia e amor, parece ser realmente legal..

    Abraços,
    Diego.

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não tive um bom começo com o Patterson, mas me surpreendi positivamente com a leitura de Diário de Suzane Para Nicolas. Ainda estou com um pé atrás com Primeiro Amor, mas creio que darei uma chance ao livro. Adorei a resenha!

    Beijo,
    Naty.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lucas...
    Vi que vc gostou muito desse livro do Patterson e eu concordo com vc, e além de ser baseado em sua própria vida ele tem uma escrita ótima. Amei a resenha...

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Brenda!
    Nunca li nada do autor mas vejo falarem muito bem dele. O livro não me chamou muita atenção infelizmente, não é o tipo de leitura que eu mais aprecio. beijos

    ResponderExcluir
  8. Oii :)
    Comprei o livro na bienal e to loucaaa pra ler !
    Sem, eu amo Nicholas Sparks, e é exatamente o meu tipo de leitura !
    Só espero que os dois acabem juntos no final, se não meu coração não aguenta !
    Não conhecia nenhum livro do James, e só comprei o livro porque fizeram uma propaganda e tanto dele na bienal, rsrs !
    Ansiosa pra leituraaa *-*
    :*

    ResponderExcluir
  9. OOOOOOOOOOOOOOI, LUUUUU! Tuuuuudo bem?? *--* Aaaah, eu gostei desse livro! Apesar de meio melado, haha =3 Ué, por que um filme que todo mundo já viu? Por que é clichê? Não achei muito clichê, hahahah! Só pela história da menina estudiosa e tals, haha! <3 Aaah, me apaixonei por esse Robinson, haha! E genteeee! Sorrir e chorar ao mesmo tempo? Afs, precisooooo desse livroooo! *0* Ótima resenha!

    BEIJOS INFINITOOOOOOOOOOS <3

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir